Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

EQUINÓCIO- A PRIMAVERA- LU PIRAS

Estou super feliz de iniciar o ano com a resenha de um livro super fofo, que descobri e me encantei à primeira vista, com a capa, história e tudo mais. E foi bem ao finalzinho de 2012: Equinócio- A Primavera da escritora carioca Lu Piras. Comprei o livro diretamente no site da escritora, e ganhei a obra autografada, priceless!
Esse é o primeiro volume de quatro romances sobrenaturais sobre anjos, e engloba toda uma beleza e romantismo em cada palavra escrita. Não conhecia essa escritora, mas já me encantei pela escrita tão leve e bela.

Sinopse: A cidade do Rio de Janeiro é o pano de fundo onde a estudante de medicina Clara vive sua rotina diária com a família e os amigos. O que ela não imaginava é que tudo o que acreditava estivesse prestes a mudar, com a visita inusitada de um anjo. As forças do mal ameaçam escravizar a raça humana e, para impedir, o anjo da guarda Nath-Aniel (Nate) vem à Terra, disfarçado de humano, para alertar sua protegida Clara de que sua vida está em risco. Proibido de agir em nome dos humanos e alterar seus destinos, o anjo acaba por se envolver demasiado quando revela a Clara que o pai dela, um renomado cientista, é o responsável pela descoberta que despertou as forças do mal: a fórmula da perpetuação da vida humana (criônica). Toda a missão da legião de anjos celestiais é colocada em risco quando Nate e Clara se apaixonam.



Vamos ao que interessa: li o livro em 3 dias! É, realmente me prendeu, afinal, adoro anjos. O livro é narrado pela personagem principal (Clara), o que na minha opinião dá uma humanizada mais na história, porque podemos sentir as emoções da personagem, sejam elas irritantes, como sensatas, emocionais, etc.
Bom, como o livro gira em torno do romance entre Clara e Nate, nada mais justo do que um prólogo com um pequeno diálogo sobre o sentimento de ambos, já dando o gostinho do que vamos encontrar nas próximas páginas. Além de uma sutil menção ao título, Equinócio, palavra que vem do latim, e significa "noites iguais", quando o dia e a noite duram o mesmo tempo.

"Para que eu alcance o inatingível e possa provar aos meus sentidos que amar o sobrenatural é natural, Nate precisa amanhecer um lado para que o outro anoiteça. Eu preciso ver o homem que se eclipsa na sombra do anjo."

Paralelo com o romance, temos a relação de Clara com seu pai, Maurício Chevallier, que está desenvolvendo uma fórmula baseada em criogenia, para ressuscitar sua esposa, Beatriz, que morreu precocemente, devido a um câncer. O problema é que se a fórmula vier à tona e cair em mãos erradas, a humanidade estará perdida.
Como toda história tem seus vilões, aqui temos os anjos caídos, os interessados na fórmula, já que eles acreditam que terão uma vantagem sobre o Criador. Eles, então, não medem esforços para obtê-la, e sequestram o pai de Clara.
Nos próximos capítulos, vemos Clara e seu anjo da guarda Nate, tentando solucionar o problema, juntamente com sua irmã, Olívia, que é um personagem super notável, de tão inteligente para uma garota de onze anos. E ainda é apaixonada por astrologia, o que achei super brilhante, conectar astrologia com angeologia.
Em meio a isso, temos Clara tentando levar uma vida normal, comparecendo as aulas na faculdade de medicina, vemos ela às voltas com os preparativos para o casamento de sua melhor amiga Chris, e sua proximidade com um bad boy na universidade, Jonas, que além de estudarem juntos, seus pais trabalham juntos em um renomado laboratório no Rio de Janeiro.
Essa proximidade é minha parte favorita, e confesso que os personagens rebeldes são os que mais me atraem, espero ver um aproveitamento maior nos outros volumes, afinal, nesse primeiro, ele teve papel essencial, mas merece um destaque maior, com certeza. Meu personagem favorito.
Acho super interessante as informações sobre anjos que a escritora dá, a menção aos Nephilins, que são filhos de anjos com humanas (me recordei na hora de Cidade dos Ossos da escritora Cassandra Claire, um da minha lista de preferidos.), além de uma escrita super tranquila e poética.
O romantismo paira no livro, e é isso que move a história. Os momentos em que Clara encontra com Nate em seus sonhos, onde eles vão descobrindo o que sentem um pelo outro, além dos encontros em forma de anjo, são os mais belos possíveis. Além da beleza do Rio de janeiro como pano de fundo, nada mais genial.
Agora, como uma boa brasiliense, não tive como não achar engraçado a menção que a autora fez ao ar de Brasília, em uma cena entre Clara e Rodrigo. Que impressão as pessoas dos outros estados têm do clima aqui!

"Ele se despediu com um "então tchau" mais seco que o ar de Brasília."

Aliás, foi super bacana a escritora mencionar vários recursos da atualidade como Twitter, Ipod, vários artistas, e como adoro conhecer novas bandas, tem vários momentos em que a personagem principal Clara menciona sua banda preferida "Blue October", que confesso nunca ter ouvido falar, e achei super interessante, já estou escutando as músicas dos caras.

Agora é aguardar as sequências: Polaris- O Norte; Renascer- O Sol; Missão- O Futuro.
Aos que apreciam um bom romance, super recomendo ler Equinócio, vocês irão se emocionar de verdade com a história de Clara e Nate. Além disso, não deixem de apoiar a literatura nacional, ela é fantástica! =)


Autógrafo da escritora Lu Piras- muito fofo!

2 comentários:

  1. Kênia,

    Terminei a leitura da sua resenha pensando alto: "Que delícia de resenha!". Degustei cada ponto que você ressaltou, cada notável impressão. Sua experiência na leitura me fez lembrar de quando eu mesma li Equinócio em livro pela primeira vez. Mesmo já conhecendo a trama e sabendo de tudo o que viria nas páginas seguintes, eu consegui revivê-la e todas as emoções dela. E reviver a história que introduziu a série nas nuances mais singelas sob a sua perspectiva(naquilo que me motivou realmente a contar a história)me fez muito bem!
    Muito obrigada pela bela resenha.

    Ah, e para você que, como a maioria das leitores de Equinócio, também foi conquistada pelo Jonas, um recado: Em Polaris ele vai ter seu justo destaque. E vai aprontar com a Clara. :)

    Beijocas,

    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S.: Espero que goste do Blue October! *-* Na página do site você encontra toda a playlist de Equinócio e dos próximos livros:
      http://www.lupiras.com/#!playlist/c1ghl

      Excluir