Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

domingo, 24 de março de 2013

O PRÍNCIPE GATO E A AMPULHETA DO TEMPO- BENTO DE LUCA

"Não importa o tempo, nem a distância. Eu atravessarei as muralhas da morte. Em um mar de inimigos mergulharei. Declararei guerra ao vento se preciso for. Pois saiba, eu estarei lá quando você me chamar."

Acabei de terminar de ler O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo e não resisti em resenhar logo em seguida. Estou com a jornada e todos os acontecimentos ainda processando em minha mente e não acredito que terei que esperar tanto pelo segundo volume O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver.
A história é fascinante, me apaixonei desde o primeiro contato com a obra, afinal sou apaixonada por gatos. A começar pela capa, que é magnética, e a imensidão de detalhes. Ao marcar o número das páginas, vemos a patinha de um gato. Mas não se enganem pelo nome, esse não é um livro rotulado para crianças, recomendo para todos que apreciam uma aventura fantástica.
Essa aventura foi escrita pelos primos Marcelo Siqueira e Gustavo Almeida que adotaram o pseudônimo de Bento De Luca. 


Sinopse: Através de um Buraco de Minhoca — túnel dimensional que interliga dois mundos — localizado no Parque do Trianon, São Paulo, surge um viajante felino movido por uma única e importantíssima missão: a busca por uma lendária ampulheta. Escondida em algum local inóspito da cidade, a relíquia é a única capaz de salvar Marshmallow, terra do Príncipe Gato, que está à beira da destruição. No entanto, parece que ele não foi o único a atravessar o portal. Seres malignos irromperam das barreiras e logo declararam uma caçada voraz, com objetivos sombrios... Além de seus perseguidores, o Gato luta contra seu maior inimigo: o Tempo. É preciso encontrar este objeto antes que seja tarde e seu mundo esteja para sempre perdido. Contudo, ele não estará sozinho nesta empreitada e poderá contar com a ajuda de seus fiéis companheiros. Fascinante, angustiante e até mesmo engraçada, a história retrata os mistérios jamais desvendados da cidade paulistana, com um toque de magia e esperança.

O livro narra a história do Gato, príncipe regente de Marshmallow, na busca pelo único objeto capaz de salvar seu mundo: A Ampulheta do Tempo. Ele surge no parque Trianon, em São Paulo, através de um Buraco de Minhoca, e sua vida irá cruzar com a do jovem, Hugo.
Hugo mora sozinho em um apartamento e há um tempo se sente sozinho por um motivo bem típico: mulheres, um assunto que ele evita falar, além de estar constantemente mal humorado e estressado. Um dia então, caminhando pela Avenida Paulista, decide passar em uma livraria. Não tinha nenhum título específico em mente, a questão era se distrair. Primeiro faz um lanche e depois dá uma volta na livraria, quando uma porta de canto lhe chama a atenção: Livros Raros. Ao girar a maçaneta, ele se depara com a seguinte cena: um gato, bastante grande, lendo um livro sobre Catedrais Antigas. Hugo achou aquilo estranho, mas resolveu deixar pra lá. O que ele não sabia é que a partir daquele momento sua vida ia mudar pra valer.
Quando chega em casa mais tarde, encontra uma mensagem, pregada com uma faca, informando que a pessoa possuia algo de interesse de Hugo, e e se ele a quisesse de volta, deveria encontrá-lo no parque. Ele então encontra a pessoa e descobre que é o mesmo gato que ele viu na livraria, e que ele fala! O Gato então pede a ajuda de Hugo para encontrar a ampulheta, e assim que encontrarem, ele devolve o que pertence a Hugo. O jovem não tem escolha, afinal, o pingente que o Gato roubou, é muito importante. 
O relacionamento dos dois é bastante interessante, comparando com a relação gato e dono, na realidade. Falo isso porque tenho felinos há anos. No princípio o gato é ríspido, acha que tem o total domínio, e com o passar do tempo, ele cede aos momentos de diversão e carinho. Hugo e o Gato se provocam a trama inteira, trocando farpas, mas aos poucos vão criando uma relação de amizade e respeito. Fora a característica em comum entre os dois: ambos possuem um olho verde e um olho castanho, o que é extremamente raro.
Nessa busca pela ampulheta, eles descobrem que feiticeiros também estão na Grande São Paulo. Em um certo ponto, o Gato encontra em um cemitério da cidade, um rato super inteligente e astuto, chamado Eleanor. Esse rato se junta aos dois na busca pela salvação do reino de Marshmallow. Esse personagem é super cativante, durante os diálogos, ele constantemente mostra sua inteligência usando várias línguas, como: italiano, francês, alemão, deixando a trama super divertida.
Os três vão passar por muitas aventuras e muitas surpresas e como é uma trilogia, o final nos deixa com um sentimento de agonia, angústia, afinal você quer saber o que mais pode acontecer com eles, ainda mais com o Hugo, que me encantei, um jovem lutando com uma doença terminal e que teve um destino inesperado no livro. Tenho esperanças que ainda aconteça uma reviravolta por aí.
O livro é dividido em várias perspectivas: os capítulos são alternados pelas narrativas de Hugo, O Gato e Eleanor, dando uma conexão super natural para a história. Ao final do livro, podemos conferir uns capítulos que foram removidos, e que nos dá uma outra perspectiva, eu adorei!
A descrição da cidade de São Paulo é outro detalhe fascinante. O autor nos conduz a vários lugares da cidade, e dá uma vontade imensa de estar lá. 
Essa obra é mais um da literatura nacional, e conta com uma boa dose de humor, uma escrita leve e  cativante. Agora é aguardar pela sequência dessa trilogia maravilhosa, mais surpresas estão por vir! E pra não perder o costume, não deixem de acompanhar a nossa literatura nacional, temos escritores sensacionais, aqui é um exemplo! =)
Para terminar, três músicas cantadas por Marcelo Siqueira, inspiradas no livro. São de uma beleza sem fim. Além de escritores talentosos, são músicos também! ♥
Segue os links:

Música 1 http://www.youtube.com/watch?v=JvMWR3HDxqg

Música 2 http://www.youtube.com/watch?v=Yvx2_l92d00

Música 3 http://www.youtube.com/watch?v=BQfQvUU8IJA&feature=endscreen


Minha gata Molly, companheira de leitura! Se identificou com o livro, porque será? =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário