Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

domingo, 21 de abril de 2013

PIRENÓPOLIS

Esse ano fiz uma promessa de conhecer dois lugares populares e bem próximos a Brasília: Pirenópolis e Chapada dos Veadeiros.
Por morar em Brasília, algo super comum é passar o fim de semana em um desses dois lugares, o que nunca aconteceu pra mim, falta de iniciativa, talvez.
Até que em fevereiro, olhando as promoções no Groupon, me deparei com uma promoção de hospedagem pra quatro pessoas por R$249,9. Achei super acessível.
Convidei um amigo e duas primas pra me acompanharem e comprei o Groupon. A questão foi ligar pra fazer a reserva. A promoção que valia somente para os meses de fevereiro e março, só foi possível fazer uma reserva para abril, na segunda semana.
Ok. Pelo menos foi possível. O que não imaginei é que durante esse período eu ia encontrar tanta desistência para ir curtir o fim de semana. Concluindo, nenhuma das pessoas que iam comigo no primeiro momento foram comigo, isso me chateou profundamente.
Mas como a gente sempre tem um amigo de toda hora, liguei pra Luzia, e ela topou ir na hora! Fomos no sábado passado, dia 13/04, pela manhã, bem cedinho, e voltamos no domingo de tardezinha. Finalmente pude conhecer a cidade bela que é Pirenópolis, além de descansar um pouco e curtir uma cachoeira.
O ônibus para Pirenópolis em Brasília sai da Nova Rodoviária e só existe dois horários: 8:30 e 15:00, saindo todos os dias, sendo R$20,00. Chegamos na Rodo bem cedo e compramos as passagens, o que não contávamos foi com um atraso de quase 40 minutos, o que nos fez chegar em Pirenópolis por volta do meio dia.
Chegando lá fomos direto almoçar em um restaurante que fica bem no centro da cidade, precisamente de frente para a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, com uma típica comida mineira, foi demais! O preço é que foi bem salgado, como já havíamos sido avisadas. R$19,90 por pessoa, porém com comida e sobremesa à vontade. O atendimento foi excelente, valendo essa quantia e um pouco mais pela bebida.
Em seguida fomos fazer o check-in na Pousada Aquarela. Fizemos o caminho a pé mesmo, mas como estávamos cansadas a impressão que deu era de que era super longe, o que na verdade era só em torno de 10 a 15 minutos caminhando. Sem mencionar na beleza que tinha no caminho: uma ponta com uma mini cachoeira e muitos comércios com todo tipo de artesanato.
Chegamos na pousada, tomamos banho e saímos pra bater perna. A hora não passa em Pirenópolis! Ficamos na rua até umas oito da noite, tiramos muitas fotos na cidade, passamos pela Feira Hippie, que com certeza foi meu lugar favorito. Essa feira começa no finalzinho da tarde e vai até umas dez horas da noite. Sensacional!
Como tínhamos andado bastante, decidimos voltar para a Pousada por volta das oito pra descansar e encarar as cachoeiras no dia seguinte.








Cedinho eu já estava de pé, mas a cidade não! O café da manhã foi servido as 9:00, como assim? Mas enfim, tomamos e conversamos com a dona da pousada sobre as cachoeiras, como fazíamos pra chegar lá, e ela nos indicou uma fazenda que possui um grupo de seis cachoeiras. Achamos ótimo, afinal conhecer várias em um curto período de tempo, não tinha ideia melhor. Ela chamou dois moto-táxi pra nos levar até a Fazenda Bonsucesso, e os motoristas eram muito charmosos, belos olhos verdes que eu não vou esquecer! =') 
O moto-táxi é R$10,00 por pessoa e a entrada é R$15,00 sendo possível ficar lá até às 16:00. Graças a Deus que fomos bem cedo, umas 9:30 estávamos lá na fazenda, porque por volta de 11:00, as trilhas já estavam congestionadas. Era gente demais. Por termos ido mais cedo, conseguimos curtir as cinco cachoeiras e tirar muitas fotos. Lugar lindo demais.
Pedimos para os moto-táxi voltarem às 11:40, afinal tínhamos hora pra fazer o check-out. Deixamos a pousada, fomos ao centro da cidade almoçar novamente no mesmo restaurante que eu não lembro o nome, e depois seguimos para o Terminal pra comprar as passagens. Os horários são meio malucos pra Brasília: 9:00; 9:30; 16:00 e 19:00. Pegamos o de 16:00 afinal não tinha mais nada pra visitar na cidade, visitamos bastante coisa e era hora de voltar pra Bsb.





A volta foi bem mais rápida e prazerosa, sensação de dever cumprido! Pirenópolis é um lugar de tranquilidade e paz, me lembrou Minas Gerais, a simpatia das pessoas, a facilidade em encontrar os locais, você vai pra todo lugar andando, menos as cachoeiras que são distantes um pouco. Na verdade, tem como ir andando, só se perde o tempo que a gente no caso, não tinha.
Quero muito voltar, passar um outro fim de semana pra relaxar, conhecer mais cachoeiras e ler um livro inteiro! hahahaha
Verdade: entre tanta espera na rodoviária, no percurso no ônibus, antes de dormir e ao acordar, cheguei quase ao final de um livro, quando cheguei em Brasília só faltou quatro capítulos, que eu não aguentei,  tive que terminar no mesmo dia que cheguei.
Concluindo a viagem, entre desistências e chateações, deu tudo certo, consegui curtir muito e nem gastei muito dinheiro. Posso dizer que é possível ir com R$100,00 para despesas extras por um fim de semana, claro que se quiser comprar artesanato é bom ir com um pouco mais de dinheiro. Já a hospedagem eu acredito ser mais cara, como o meu foi Groupon, minhas despesas já estavam incluídas, na verdade eu acredito que a estadia por lá gira em torno de R$80,00 em diante, dependendo do tipo de pousada, o que não falta espalhadas pela cidade.
Próximo destino: Chapada =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário