Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

sábado, 30 de novembro de 2013

O PRÍNCIPE GATO E A FLOR-CADÁVER- BENTO DE LUCA

 "O momento de viver chega sem aviso. Saímos das sombras de nossas próprias memórias. Deixamos as cinzas de nossos velhos corpos flutuarem nas lufadas da noite. E não acreditamos em nada, nem na guerra, nem na paz; nem nos sorrisos, nem nas lágrimas, só na certeza de quem somos, e no bater de nossos corações."

Amo gatos, essas criaturas extremamente sensacionais. E quando eu descobri que fora lançado um livro nacional sobre eles eu me interessei muito! Isso foi no início desse ano, quando conheci Bento de Luca, pseudônimo de Gustavo Almeida e Marcelo Siqueira e seu livro O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo, todo ambientado na cidade de São Paulo. É só clicar no título do livro e conferir minha resenha do início da trama.
Porém, essa história é uma trilogia e depois que eu li o primeiro volume, minha ansiedade para conferir o segundo foi muito grande, mas finalmente chegou ao fim. (rs.) 
Hoje minha resenha é sobre o segundo volume O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver, agora ambientado em Marshmallow, o reino do Príncipe Gato, onde muitas aventuras estarão por vir!
Ressalto novamente que não é um livro rotulado para crianças, é uma obra de impressionar muitos adultos por aí, não deixe de conferir, você corre o grande risco de se apaixonar!




No final do primeiro livro, o Príncipe Gato concluiu sua missão, a busca pela ampulheta do tempo. Marshmallow enfim ganhou mais um ciclo de vida, graças ao Gato, o rato Eleanor e o humano Hugo. Porém, nem tudo são flores, a alma do querido Hugo é aprisionada em um boneco de pano a partir de um feitiço por um dos temíveis Feiticeiros. E agora, o que esperar no segundo volume?
O Príncipe Gato volta a seu mundo e com ele a promessa de trazer seu amigo Hugo de volta. Em busca por respostas, conhecemos novos personagens que a princípio não tem nenhuma ligação, mas ao decorrer da trama eles percebem que juntos poderão concluir suas missões.
Thomaz Mapache é um guaxinim ladrão de Abóboras- Gigantes. Sua raça odeia os felinos mais que tudo, e pra deixar a história bem divertida, ele cruza com ninguém menos que o Príncipe Gato! Thomaz caiu em uma armadilha que os felinos fizeram, já que o guaxinim era o ladrão mais procurado em Marshmallow. O que ele não esperava era que o Gato o encontrasse e oferecesse um acordo de salvá-lo em troca do local para onde todos os felinos do reino migraram. Tudo que o guaxinim não queria, dever algo a um felino! 
Pra dar um quê de romance, temos a guerreira felina, Kyra, que possui uma missão pra lá de confusa! E mais, essa missão está diretamente ligada ao Príncipe Gato!
Pra completar a magia desse livro, temos o fauno Lian e seu amigo Estanislau que tem cabeça de pônei e corpo de madeira, além de possuir duas rodinhas no lugar das patas. Lian é bem misterioso, mas não hesita em ser amigável e ajudar o Príncipe Gato em sua missão. 
Os destemidos Falcões-Peregrinos são apresentados mostrando que os Feiticeiros não são páreos para eles. Falcões e Feiticeiros estão envolvidos no "Grande Pacto", resultado do início do novo ciclo de Marshmallow. Porém, após uma reunião, nenhum acordo foi feito, mas sim uma guerra estava declarada!
E não podia deixar de mencionar o rato Eleanor, extremamente inteligente, estrategista, poliglota e que nesse volume quase me mata do coração! Essa foto foi responsável por um dos momentos mais importantes, pra não dizer chocante do livro.


Nesse segundo volume, os capítulos são premiados com belíssimas ilustrações, feitas por Celtic Botan. Os escritores fizeram a mesma diagramação na segunda edição do Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo. Além de acompanharmos a narrativa não somente pelo Príncipe Gato, como por Kyra, Thomaz Mapache e Eleanor. Muito bacana a escrita leve, o humor que deixa a história divertida em meio aos tempos obscuros que nossos personagens estão enfrentando.
Bento de Luca foi excepcional na construção da trama. A exímia criação de Marshmallow, onde raças diferentes deixam de lado suas divergências se unindo em nome de um bem maior foi o ápice do livro. 
O livro nos deixa muitas indagações para o último volume da série, ainda sem título definido. E assim como no primeiro volume, temos relatos removidos e esses são os mais reveladores! Agora é aguardar o final dessa trama e descobrir os mistérios que rondam Marshmallow e o que mais esperar dos Feiticeiros.

Você acredita no Príncipe Gato?

Nenhum comentário:

Postar um comentário