Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

domingo, 21 de dezembro de 2014

CONHECENDO A IRLANDA: HERBERT PARK

Tive a ideia de visitar os principais parques de Dublin e quero ver se consigo fazer isso antes de voltar ao Brasil.
Daí, chamei uma amiga pra me acompanhar em uma visita, dessa vez ao Herbert Park, que fica em Dublin 4. Pra chegar lá, é preciso andar 1 hora! Falando assim parece longe, mas falando sério, o ônibus por aqui anda tão devagar que algumas vezes compensa mais ir andando!
O Herbert Park não é tão grande, mas é bem fofo. Palco de muitas prévias de noivas, ele tem um campo de futebol, porém ninguém joga, o que só se vê são os irlandeses brincando com seus cachorros. Típico de todo parque por aqui, tem um laguinho com vários animais. Outro passatempo dos irlandeses, levar pão para alimentar os pombos e aves por aqui. 
É um parque bem bonito de se ver e passar uma tarde ou mesmo passear com o namorado (a), fazer um piquenique.
Não demoramos muito por lá, porque coincidentemente, era o início do inverno, e o frio aqui começou um pouco antes, não dá pra ficar muito tempo na rua, muito menos em um parque que é bem propício a ventar. Mas deu pra aproveitar, conversar e bater umas fotos. 
Na saída do parque tem um hotel 5 estrelas, que leva o mesmo nome, e na praça tem uma fonte com uma escultura bem interessante que eu não poderia não registrar. São quatro homens segurando o mundo com os pés e ela se chama: Who made the world, da artista Cliodna Cussen.














Nenhum comentário:

Postar um comentário