Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

segunda-feira, 4 de maio de 2015

QUATRO - HISTÓRIAS DA SÉRIE DIVERGENTE - VERONICA ROTH

''Quero carregar algo que me lembre de que, embora as feridas cicatrizem, elas não somem pra sempre. Eu as carrego para todo lugar a que vou, sempre, e é assim que as coisas são, assim que as cicatrizes são.''

Minha resenha de hoje é bem especial, pois é de um livro parte de uma trilogia que eu gosto bastante: Divergente. Li os três livros, me revoltando com o final, obviamente, mas não deixando de curtir cada situação envolvida nessa série. 
E pra quem não sabe, Divergente começou a ser escrita pelo ponto de vista de Quatro/Tobias, mas por algum motivo, Veronica Roth não se convenceu que o livro ia sair como ela queria. Ela deixou de lado e anos depois conseguiu criar Tris, que saiu exatamente como ela esperava para a trama.     
Com todo o sucesso da trilogia, Veronica Roth está sempre dando entrevistas sem esconder seu amor pelo personagem Quatro. Ela resolveu então lançar 4 crônicas sobre fatos marcantes do passado dele. Essas crônicas foram reunidas e publicadas em um único livro físico, com o título de Quatro - Histórias da Série Divergente. Na obra contém A Transferência, A Iniciação, O Filho, O Traidor e três cenas exclusivas de Divergente!  
Nem preciso comentar que esse lançamento foi um super presente para os fãs da série, e mais ainda para os que esperavam conhecer um pouco mais do personagem durão, mas carismático que foi o Quatro. 


Sinopse: Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais.


''É estranho ocupar tanto espaço apenas existindo, quando eu costumava desaparecer com tanta facilidade. Isso me faz sentir um pouquinho mais forte, um pouquinho mais estável.''

Em A Transferência vamos conhecer um pouco sobre sua vida antes de sua decisão de se tornar membro da Audácia. Podemos saber um pouco de sua relação com o pai, como foi a perda de sua mãe e como foi lidar com as agressões do pai.

"Pessoas que não sabem o significado do meu nome gostam de rir dele, e não gosto que riam de mim, especialmente um grupo de iniciandos recém-saídos da Escolha que não tem a menor ideia de onde estão se metendo."

A Iniciação mostra os primeiros desafios de Tobias em sua nova facção: o conhecimento de seus medos, as lutas, a relação com pessoas novas. Vamos conhecendo mais de seus amigos (Tori, Uriah e Shauna) e de seus pensamentos sobre cada um deles. Conhecemos mais sobre Amah responsável pelo apelido "Quatro" para Tobias e que tem grande importância para ele. 

''Medo de que possa haver algum tipo de violência oculta dentro de mim, forjada pelo meu pai e pelos anos de silencio aos quais minha facção me submeteu.''

O Filho revela como ele se tornou instrutor de iniciação, como Eric se tornou um dos líderes da Audácia e como foi o primeiro encontro de Quatro. Além disso, mostra a relação de Jeanine Matthews com Max e o que há por trás da morte da mãe de Quatro, Evelyn. 

''É você quem precisará conviver com sua escolha - diz ela. - Os outros vão superar, seguir em frente, não importa a sua decisão. Mas você nunca conseguirá fazer isso.''

O Traidor conto tem a presença de Tris e nos mostra alguns momentos deles que se tornam ainda melhores narrados por Quatro. Nós já sabíamos como Tris se sentia em relação à ele e tivemos uma noção dos sentimentos dele em relação à ela em Convergente, mas dessa vez é diferente. São os primeiros momentos dos dois juntos! Sem falar que nesse conto, podemos perceber algo bem importante sobre o final de Convergente. 

Em Quatro - Histórias da Série Divergente vamos acompanhar as mudanças na vida dele até que ele se tornasse uma pessoa no passado e outra no presente/futuro. Deu muita saudade ao ler e para matar essa saudade, é esperar o lançamento de Convergente no próximo ano! Bom também reler os livros e não se cansar da trama!

Nenhum comentário:

Postar um comentário