Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

FRANKFURT - ALEMANHA

Cheguei em Frankfurt, no aeroporto Flughafen, após o vôo de uma hora e meia de Londres. O vôo atrasou por conta da segurança reforçada londrina. Cheguei em território alemão em torno de 21:30 do dia 10 de novembro/15. Passei tranquilamente, já que lá não tem imigração. Fui então procurar transporte para o centro da cidade. Paguei 15 euros no ônibus e levei em torno de 1 hora para chegar no centro, onde o hostel, que também se chama Frankfurt, se localiza. Feito o check-in, descansar pra passear no dia seguinte. Aliás, super recomendo o hostel, ele é bem jovem, quando cheguei, pra lá de meia-noite, tinha gente conversando e bebendo no bar. Só não me animei mais, porque realmente estava cansada. Bacana também é que ganhei café da manhã de graça, o que me deixou e o meu bolso também, super feliz!





Como a cidade não tem tantos pontos turísticos, achei melhor dedicar a manhã para andar sem rumo e sair fotografando o que achasse interessante. Foi assim que tive a impressão de ser tudo muito grande e chamativo, como prédios grandes e platinados, assim como esculturas altas.














Depois do almoço, fui atrás da primeira atração turística: a Romerplatz, com suas casinhas alemãs. É uma gracinha, lugar super fofo para se apreciar.








Da Romerplatz, segui para a Eurotower, que é um arranha-céu na cidade de Frankfurt de 40 andares que é utilizado como a sede do Banco Central Europeu. Na sua frente é possível encontrar o famoso símbolo do Euro que encontramos em diversas reportagens sobre a moeda.





Terminei meu passeio em Frankfurt por volta de 18:00. Passei no hostel para pegar minha mochila e descer para o terminal de ônibus, de onde peguei o Megabus para Colônia, às 19:10. Comprei a passagem com antecedência e paguei somente 1 euro. Na espera pelo ônibus, conheci uma asiática que também ia para Colônia e ficamos conversando. O inglês dela não era tão bom, mas seu alemão era excelente. Ela estava morando em Colônia já há três anos e estava super adaptada.

Impressões sobre Frankfurt: se você tiver um dia de bobeira e estiver pela Alemanha, não deixe de passear pela cidade, vale super a pena. Bem organizada, transporte de fácil acesso e as pessoas são super receptivas, te ajudam no que for preciso, além de todos falarem inglês. Eu não precisei pegar transporte, fiz tudo andando, o que achei bem simples também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário