Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

sábado, 30 de julho de 2016

RESENHA: O LADO FEIO DO AMOR - COLLEEN HOOVER

"A diferença entre o lado feio do amor e o lado bonito é que o lado bonito é mais leve. Faz você sentir como se estivesse flutuando. Carrega você. As partes bonitas do amor seguram você sobre o resto do mundo."

Colleen Hoover é uma autora norte-americana que atingiu o 1.º lugar no top de vendas do New York Times e comoveu muitas leitoras com os seus doze livros publicados, incluindo Um Caso Perdido, Métrica e Talvez um Dia. Os seus livros já foram traduzidos para cerca de 30 línguas. Foi nessa vibe que decidi ler O Lado Feio do Amor e conferir essa escrita tão aclamada.


Sinopse: Depois de se conhecer o lado cruel do amor, será possível viver um amor verdadeiro?

Tate é enfermeira e muda-se para São Francisco, para casa do irmão Corbin, para estudar e trabalhar. Miles é piloto-aviador e mora no mesmo prédio de Corbin. Depois de se conhecerem de forma atribulada, Tate e Miles acabam por se aproximar e dar início a uma relação exclusivamente física. Para que esta relação exista, Miles impõe a Tate duas regras:

"Não faças perguntas sobre o meu passado. Não esperes um futuro."

Tate aceita o desafio de manter uma relação distante, sem nenhum compromisso, nem sequer o da amizade. A relação alimenta-se assim da atração mútua entre os dois.

Miles nunca fala de si nem do seu passado, e comporta-se perante Tate de acordo com as regras que ele definiu. Será Miles capaz de desvendar o que se esconde por detrás desta necessidade tão grande de se distanciar emocionalmente dos outros?

E poderá algo tão cruel transformar-se numa relação bonita e duradoura?

"As partes feias do amor não podem te levantar. Elas te derrubam. Elas te seguram.Te afundam. Você olha pra cima e pensa, eu queria estar lá em cima. Mas você não está. O feio do amor se torna você. Consome você. Faz você odiar tudo. Faz você perceber que mesmo todas as coisas bonitas dele não valhem a pena. Sem as partes bonitas você nunca arriscaria se sentir assim. Você nunca se arriscaria a sentir o feio. Então você desiste. Você desiste de tudo. Você nunca quer amar novamente, não importa de que forma, porque nenhum tipo de amor vale a pena viver o feio do amor novamente."

Primeiro nós conhecemos Tate, quando ela se muda para o apartamento de seu irmão em busca de uma mudança em sua vida.  Em seu primeiro dia no apto, seu destino cruza com o do piloto Miles Archer  e tudo acontece de forma bem bizarra: ele super bêbado acaba apagando do lado de fora do seu novo apartamento, não sem antes tentar entrar a todo custo.
Apesar do seu julgamento inicial, Tate percebeu que existia um lado que Miles estava escondendo do mundo — um poço profundo de dor e tristeza.
Ela não estava em busca de um relacionamento e ele não queria saber de amor. Mas ambos sentiam uma atração forte.

"É assim que que acontece quando uma pessoa desenvolve atração por alguém. Ele não estava em nenhum lugar e de repente, ele estava em tudo. Quer você queira ou não."

Com uma atração inegável, mas indispostos a se entregarem completamente, ambos entram em um acordo de manterem uma "amizade colorida" seguindo as duas regras impostas por Miles: "Não faças perguntas sobre o meu passado. Não esperes um futuro."
Quanto mais tempo eles passam juntos, mais complicadas as coisas ficam entre eles, já que os limites entre amizade e amor começam a se confundir. Tate começa a entregar seu coração e Miles começa a se afastar. A dor de seu passado é tão grande que ele não se permite se apaixonar novamente.

"Eu sei que o pensamento de confrontar seu passado te apavora. Ele aterroriza todos os homens. Mas às vezes nós não fazemos por nós. Nós fazemos isso para as pessoas que amamos mais do que a nós mesmos."

A história é apresentada pela perspectiva de ambos, Tate e Miles, uma mistura dos dias atuais e flashbacks. O presente é contado através da perspectiva de Tate e Miles é rsponsável pelos flashbacks, de seis anos atrás, revelando aos poucos seu misterioso passado.

O lado Feio do Amor é um livro bonito, sexy, e de cortar o coração. Uma trama poderosa, convincente e emocionalmente carregada com uma história original que foi verdadeiramente diferente de qualquer outro livro que eu li. Super recomendo a leitura e vou em busca de ler os outros títulos da Colleen, porque a escrita é incrível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário