Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

sábado, 30 de julho de 2016

RESENHA: PARA CONTINUAR - FELIPE COLBERT

Livros que têm o dom de nos encantar! Para Continuar do querido Felipe Colbert está entre eles. Eu já li dois livros desse escritor incrível, A ùltima nota e Belleville e sou muito fã da escrita dele. Outra coisa que ele tem o dom é de fazer capas lindas! Além de querer ler seu livro pela obra em si, a capa é tão atraente que tudo se encaixa.


Sinopse: Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.


"É óbvio que as lanternas são importantes. Ou elas não estariam aqui, escondidas. Mas agora, estranhamente, não me parecem lâmpadas em seus interiores, tampouco que há qualquer espécie de fogo dentro delas. É mais como uma luz que pulsa, ao contrário de tremeluzir. E faz um bem danado olhar para ela. Quase uma visão apaziguadora. O lugar inteiro, aliás, dá uma sensação de paz que nunca percebi antes."

Leonardo é um jovem que é aparentemente normal: todos os dias pega o metrô para sua faculdade de Design Gráfico. E é nesse percurso que ele vê a garota mais interessante, a garota de olhos de mangá. Só que sua timidez é um problema que o impede de iniciar uma conversa com a jovem. E esse não é o maior dos problemas. Além disso, ele sofre de uma doença rara: cardiomiopatia dilatada idiopática: uma insuficiência no coração que dificulta o bombeamento sanguíneo. Com isso, leva uma vida limitada que o impede de fazer certos esforços ou mesmo algo simples como correr atrás de um cachorro!

Bom, como ele não conseguiu conversar com a jovem, ele decide segui-la descendo no bairro da Liberdade, famoso pelos moradores da cultura oriental. Ele descobre que a garota do metrô é a doce Ayako Miyake, que mora e trabalha em uma loja de luminárias.

Ela mora com seu avó Ojii-san que também é tutor do jovem Ho, um rapaz que sofre de algum tipo de distúrbio mental. Ho nutre um amor platônico por Ayako, o que não é recíproco, já que a jovem o enxerga como uma criança. Ho terá um papel crucial nessa trama.

Depois que Léo e Ayako se esbarram no metrô, ela sente que algo em sua vida está prestes a mudar. Só que ela esconde um segredo sobre as lanternas que estão escondidas no porão da loja onde ela mora e trabalha. Ela e o avô são os únicos que possuem esse conhecimento. Seu dever é proteger essas lanternas, pois ninguém pode apagá-las ou transfigurá-las. Cada uma delas conta uma história. Cada uma delas possui um significado. E a aproximação de Leonardo poderá colocar tudo a perder. 


Além disso, há vários perigos que cercam o relacionamento de Leonardo e Ayako. Mas ele não consegue ficar longe dela e por isso, será capaz de tudo para conquistar o amor da garota dos olhos de mangá. Acompanhamos todo o desenrolar da história no bairro da Liberdade, com detalhes da cultura e do costume do local com a narrativa incrível de Felipe Colbert. Ele também descreve de forma simples e delicada um romance que nos traz a reflexão quanto a força do sentimento que aproxima duas pessoas, assim como os benefícios e consequências desse sentimento.

Recomendo esse romance simples, mas super envolvente! Mais uma obra linda da literatura nacional, não deixem de conferir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário