Quem sou eu

Minha foto
Prazer, me chamo Kênia, moro em Brasília – DF, sou professora de inglês, canceriana, torcedora do Palmeiras, amante de chocolate e gatos. Tenho como paixão a música, especialmente o rock. Minhas bandas do coração são o Oasis e o Skank. No mesmo nível de paixão está a leitura e o cinema. Adoro seriados inteligentes e de super heróis, e às vezes algo meloso e fofinho pra dar uma equilibrada. Leio de tudo um pouco, mas sou fascinada por distopias, thrillers, fantasia e mitologia. Tenho uma queda pela escrita do Neil Gaiman e do Stephen King e adoro descobrir escritores novos de escrita instigante, principalmente os nacionais. Amo viajar e conhecer novas culturas e lugares históricos. Londres é meu lugar favorito no mundo e tive a oportunidade de desbravar essa maravilha de cidade três vezes. Já pisei em 12 países e só penso em aumentar a lista. Iniciei esse blog há 3 anos com o intuito de compartilhar experiências de um pouco de tudo: resenhas de livros, viagens pelo Brasil e pelo mundo, dicas de inglês, experiências e pensamentos pessoais. Divirtam-se ♥

sábado, 23 de julho de 2016

RESENHA: SUPERNOVA - A ESTRELA DOS MORTOS - RENAN CARVALHO

"São os humanos que podem mudar as coisas, que escolhem fazer o bem ou fazer o mal. E, entre todos, tenho mais fé nos que se mostram amigos, pois são esses os que me fazem sentir-me em casa".

Demorei um pouquinho, mas finalmente consegui parar pra resenhar mais um livro incrível do escritor Renan Carvalho! A continuação da saga Supernova intitulada "A Estrela dos Mortos" foi uma leitura bastante prazerosa e não deixou a desejar em nenhum quesito! Vamos as minhas impressões!


Sinopse: Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.

"As estrelas, além de possuirem uma fonte quase inesgotável de energia dentro de si, são consideradas mais inteligentes, mais ágeis e até mais afortunadas do que seres humanos comuns. Pelo menos, é isso o que apontam muitos estudiosos. No fundo, porém, somos vítimas dos mesmos males que afetam a mente humana: prepotência, ganância, medo."

O início da trama se dá com a narrativa de uma nova personagem: Tlavi Hur, a estrela da cura. Ao descobrirem que a jovem possuía certas habilidades, foi muito cedo afastada da família para obter um treinamento adequado. Com sua extrema dedicação, ela se torna general do exército de paladinos (que são defensores do mundo através do controle da Luz) da Cidade Dourada. 
Em uma nova missão, ela precisa descobrir o que está acontecendo com a cidade de Cimérium, onde há uma fonte de energia maligna que aniquilou toda a cidade. Não se sabe quem conjurou tal energia, somente que seu poder é grande o bastante para destruir cidades inteiras. O problema é que os Parlamentares da Cidade Dourada decidiram ignorar o ocorrido em Cimérium, irritando profundamente a paladina. Ela decide procurar pelo conjurador sozinha, e acaba descobrindo que esse mal é muito maior do que ela previa.

Na segunda parte do livro, acompanhamos a narrativa de Leran que juntamente com sua irmã Luana, estão tentando chegar em Mabra, uma cidade livre, onde eles precisam encontrar um homem que irá ajudar Luana no desenvolvimento de seus poderes como estrela. O problema é que há três caçadores os perseguindo, já que o preço na cabeça dos dois é bem alto. Tentando fugir dos caçadores, eles se deparam com alguém disposto a ajudá-los. É nesse momento que conhecemos Gueth Hur, conhecido como Nairatiano, um lutador famoso de Mabra e com seu charme desperta vários sentimentos na nossa estrela, Luana e muitos ciúmes por parte de Leran.

"O ser humano é abominável por definição. Apenas trouxe nossos instintos à tona. Quantos não querem passar por cima dos outros por benefício próprio. Quantos não desejam o mal de seus semelhantes? A raça humana já se devora faz tempo. Somos falsos, vis, cruéis. Você não odeia esse tipo de gente?"

Porém, os caçadores que foram colocados atrás dos dois, não será o maior problema enfrentado por eles nessa aventura. Shaz, ou a Estrela dos Mortos, será um problema maior na vida dos paladinos assim como dos conjuradores que vamos encontrar no decorrer da história. Com o intuito de formar um exército poderoso e tomar para si todas as cidades, Shaz começa a utilizar a necromancia, a arte de trazer os mortos de volta à vida, tornando-se assim, a mais poderosa Estrela que já se viu.

Será que nossos guerreiros estão prontos para essa guerra?

Se você gosta de fantasia e aventura, A Estrela dos Mortos não vai te decepcionar. Com suas 479 páginas de leitura tranquila e instigante, somos envolvidos nesse mundo de magia, lutas, um clima obscuro e por que não um pouco de romance, né? Amor, amizade e lealdade são retratados de forma super bacana, mesmo em meio ao caos que os personagens enfrentam.

Não deixem de conferir esse incrível mundo de Supernova e da escrita bela e envolvente de Renan Carvalho. Com certeza, uma das minhas sagas preferidas e estou mais do que ansiosa pelo terceiro volume, que infelizmente só estará disponível em meados de 2017. Seu título é "O Satélite de Ferro".

Fiquem com o Book Trailer desse livro incrível, tenho certeza que vão gostar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário